8 de setembro de 2012

A Segunda Circular ou "Estrada da Morte"

Em redor da Quinta da Calçada


Fotos da construção da Segunda Circular

Na foto, vê-se a curva da rotunda e creio que havia ainda outra
rotunda perto do Estádio da Luz. 1961/62. Foto Artur Goulart.

Não sei quando começou a construção da segunda circular, mas deve ter sido por volta de 1960 (ou talvez fosse o fim das obras), que foi o ano em que entrei para a escola e tenho uma vagas recordações daquela zona em obras. Entre a Azinhaga dos Barros e a Azinhaga das Galhardas, havia uma rotunda; recordo-me bem dela porque andava na escola de Telheiras que se vê na foto e a GNR, costumava fazer lá exercícios com cães e tudo e um deles quase me mordeu (um cão, não um GNR que também mordiam) quando quis fazer-lhe uma festa. Recordo-me de andar nos esgotos que estavam "novinhos", com outros miúdos, naqueles tempos explorávamos tudo. A Segunda Circular, chegou a ser conhecida pela "Estrada da Morte", porque a certa altura, parecia que morria lá alguém todas as semanas. Recordo também uma Guerra de pedradas entre os miúdos do Bairro da Quinta da Calçada e os de Telheiras, com a Segunda Circular a dividir e que fez com que o transito parasse, até as pedradas acabarem ou vir a policia, já não me recordo bem.

Azinhaga das Galhardas do lado de Telheiras. 1961. Foto Artur Goulart. 

 Trabalhadores das obras entre o CIF e o Hipódromo, ao fundo vê-se 
o Colégio de São Vicente de Paula. 1961/62. Foto Artur Goulart. 

 Perto da Azinhaga das Galhardas do lado de Telheiras. 1961. Foto Artur Goulart. 

 Segunda Circular junto ao Campo Grande antes do viaduto. 1962. Foto Artur Goulart. 

 Construção da Segunda Circular junto ao Hipódromo e 
ao fundo as Universidades. 1962. Foto Artur Goulart. 

Construção da Segunda Circular com a Escola de Telheiras ao fundo. 1962. Foto Artur Goulart. 

 Aviso da construção do viaduto da estrada da Luz. Naquela 
altura os eléctricos iam até Carnide. 1962. Foto Artur Goulart.

 Escola de Telheiras ao fundo, vendo-se uma parte das hortas 
e o muro da Azinhaga das Galhardas. 1962. Foto Artur Goulart.

 Azinhaga dos Ameixiais ou Azinhaga do Hipódromo. 1962. Foto Artur Goulart. 

 O edifício branco era as instalações do campo de futebol do CIF e 
mais ao fundo vê-se o estádio de Alvalade. 1961. Foto Artur Goulart. 

 Construção da Segunda Circular no fim do Campo Grande junto ao 
restaurante Churrasqueira, onde está o eléctrico. 1961/62. Foto Artur Goulart. 

 Construção do viaduto da estrada da Luz. 1962. Foto Artur Goulart. 

Perto da Escola de Telheiras com o hospital ao fundo, ainda na 
fase inicial da Segunda Circular. 1960/61. Foto Artur Goulart. 

 Construção da Segunda Circular junto ao Hipódromo e 
ao fundo as Universidades. 1962. Foto Artur Goulart. 

 Subida para a Azinhaga dos Barros. 1961. Foto Artur Goulart. 

 Aviso da construção do viaduto da estrada da Luz na segunda circular. 1962. Foto Artur Goulart.

Construção da segunda circular, vendo-se o Hospital de Santa Maria ao fundo e o Lactário à direita, mais tarde estes terrenos foram ocupados em 1976, onde depois se construiu depois o Bairro Fonsecas/Calçada. 1961. Foto Artur Goulart.

Construção da segunda circular. As árvores ao fundo escondiam o Bairro da Quinta da Calçada, mais tarde estes terrenos foram ocupados em 1976, onde se construiu depois o Bairro Fonsecas/Calçada. 1961. Foto Artur Goulart.


(Fotos Artur Goulart e Arquivo Fotográfico da CML)


Sem comentários:

Publicar um comentário